Saudades,

 

Sete horas

O sol brilhava

Sentei-me sobre a areia

Fina e frio que o mar ainda á pouco acariciara

As rochas cercavam-me

E pouco a pouco enchi-me de uma saudade imensa

Onde estavas tu?

Talvez sentado noutra areia bem longe da minha,

Talvez já nem te lembrasses de mim

Porem eu recordava-te

Com uma saudade imensa que me torturava a alma

O sol já aquecia um pouco

À minha volta ouvia-se o ruído de muita gente

Sorri

Ninguém podia adivinhar,

Que no fundo

Por detrás daquele sorriso

Eu…

Apenas te peço para voltares.

 

Anúncios